Rally Serras de Fafe-Felgueiras-Cabreira e Boticas: Campeão Teodósio alerta para “condições muito difíceis”

Ricardo Teodósio, campeão nacional em título, antevê uma edição do Rally Serras de Fafe-Felgueiras-Cabreira e Boticas muito "difícil e complicada", atendendo ao estado em que se encontram os pisos de terra da prova de abertura do Europeu e do Campeonato de Portugal de Ralis (11/13 Março). Depois de cumprir, esta quinta-feira, o primeiro dia de reconhecimentos, o piloto algarvio contava:

"Há alguns troços com zonas de muita lama, nos quais o carro, simplesmente, desliza. Será um rali muito exigente e a exigir todas as cautelas para evitar saídas de estrada. Oxalá deixe de chover, mas as previsões meteorológicas não são muito animadoras para os dias do rali...".

Teodósio, novo "reforço" do Team Hyundai Portugal e que vai estrear-se em Fafe aos comandos do Hyundai i20 N Rally2, revela prudência e adianta:

"Não gosto quando algum de nós, seja eu ou um adversário, fica 'plantado' fora da estrada, mas a verdade é que isso pode acontecer com facilidade em diversos locais dos troços deste rali, devido à chuva que caiu nos últimos dias. Hoje, no reconhecimento do traçado do shakedown só não bati por sorte e ia muito devagar, aí a 40 km/hora... Portanto, vai ser um rali bastante complicado, porque as condições estão muito difíceis".

Esta sexta-feira, entre as 13h00 e as 14h30, decorrerão os treinos livres no troço da Lagoa (3,04 km), seguindo-se o Qualifying, às 15 horas, cuja classificação vai escalonar a escolha da ordem de partida para a etapa de sábado.

À noite, com início às 21h08, disputa-se a primeira classificativa, a super-especial de Fafe, no centro da cidade (1,43 km), que vai permitir conhecer o primeiro líder do rali.

No primeiro dia de prova, no sábado, haverá uma dupla passagem por Boticas (15,05 km), Cabeceiras de Basto (10,84), Vieira do Minho (11,86 km) e Luílhas (11,86 km), com final da etapa previsto para as 19h25, em Fafe.

Domingo, último e decisivo dia deste Rally Serras de Fafe-Felgueiras-Cabreira e Boticas, os pilotos têm pela frente uma "ronde" (duas passagens) pelas classificativas de Montim (8,73 km), Seixoso (9,97 km), Santa Quitéria (9,18 km) e Lameirinha (14,83 km), que encerrará, com a "power stage", a partir das 15h08, a parte competitiva da prova organizada pelo Demoporto.

11 Março 2022

Crie o seu site grátis!